onipresença (noan moraes)

Não há mulher para voltar 
Não há filho para cuidar 
Não há fera a ser morta 
Não há chave não há porta 
Não a amo não há vejo 
Não há braço não a beijo 
Não há isso não há quilo 
Não amar pois não há deus
Não há mar
Pois não?
Adeus

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s