cavalo de 6 patas (lucasmoraes)

deitamos no meu chão sujo
pra ouvir os gritos de uma ou outra
geração passada
que queríamos pertencer,
lendo poemas
súplicas e risos
descobrindo viagens alimentadas por drogas
que queremos usar
e tudo passa tão devagar
antes da gente deixar de se ver
tudo cura antes de começar
a doer

sonho aprender a cantar mantras
como o mendigo bêbado chora
aquele blues no chão da esquina de casa
eu escrevo alguma coisa ruim
sobre ela ou sobre tudo que te envolve
e escuto tuas história dos teus amores que te esperam
entrelaçado entre os goles de vinho
eu vomito exageros e dramas
e desejo morrer contando trilhos
num verdadeiro sol de lascar
falo no pouco apego que quero ter
e tudo cura antes de começar
a doer

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s